02 Maio, 2009

Moldagem de Cera em Fortios - Portalegre

Trata-se de uma industria familiar, gerida pelo Sr. José Pires Gil, também construtor de colmeias e apicultor.

4 comentários:

Mário disse...

Wow, nunca tinha visto tanta cera em doses industriais, deve de ser um cheirinho mais agradável, parabéns ao Sr. Pires pela dedicação e parabéns ao mestre pela ilustração.

sergio_apic disse...

Mas que bela surpresa!!!!!! Há muito tempo que andava a planear visitar uma pequena ou grande unidade de moldagem da cera pois nunca assisti ao processo da moldagem, e até mesmo aproveitar para fazer uma reportagem fotográfica e expor na Net mas o aqui o amigo e mestre Joaquim Pifano adiantou-se e surpreendeu-me com estas fotos e ilustrações bastante esclaredoras. Se há coisa que me dá um certo gozo trabalhar na apicultura é a cera não é pelo seu valor monetário mas acho que mais por aquela filosofia do "nada se perde tudo se transforma" que existe na Apicultura, trazer os restos de cera do apiário, a renovação dos quadros de cera escura e envelhecida por cera nova e depois de algum tempo de acumulação de ceras no armazém deita-las para a caldeira ou cerificador solar e daí resultar uma cera limpa e amarela pronta a trocar por cera moldada e assim termos mais uma "ferramenta ou matéria prima" para a nossas abelhas terem colónias saudáveis de modo a evitar as doenças, e as rainhas terem espaço para grandes posturas, não sei como explicar melhor mas tudo isto me dá um grande gozo. Parabéns pela excelente ilustração, foi para mim uma grande surpresa porque de facto não imaginava como funcionava este tipo de maquinaria. No entanto continuo com vontade de ver e sentir o cheiro de uma máquina destas em funcionamento e se um dia visitar uma unidade de moldagem de cera vou tentar fazer um pequeno filme e se houver interesse terei todo o gosto em o disponibilizar para o MonteDoMel. Obrigado Amigo Joaquim

Anónimo disse...

Boa noite
Meus parabens pelo belo trabalho com cera ,estou pensando fazer algo perecido.

Abraço
josé Maria
Campo Grande
Mato Grosso do Sul
Brasil

Anónimo disse...

Parabens já sabia da tua paixão pelo mel mas nâo sabia que te tinhas dedicado ao aproveitamento e transformaçâo da cera gostei de ver as imagens e a tua persistência em trabalhares os conponemtes do mel sâo pessoas como tu que fazem o nosso país andar para a frente Parabêns Natalino Claudino