31 outubro, 2008

História da Apicultura


... à frente de uma sociedade tão grande, tão organizada e tão poderosa como a das Abelhas, tinha de estar um REI, muito macho, nunca uma Rainha.

Para espanto e pesar de todos, contra as expectativas e o poder instituído, um dia perceberam que o Rei, muito menos macho: punha ovos!!!

Face às evidências, todos aceitaram que era mesmo uma Rainha que chefiava tão grande e poderoso exército.

Mas já que é uma fêmea, que seja uma mulher exemplar, fiel ao esposo e nada leviana.

Com o passar dos tempos e após acuradas observações, perceberam que a fogosa princesa acasalando um único dia na vida, o fazia com cerca de uma dezena de machos.
Mais um pontapé na moral de tão doutos cientistas e de tão puritana sociedade...


Pior ainda, cada vez que acasala com um macho, este morre depois do amoroso acto e perde os órgãos sexuais que ficam no corpo da Rainha. Chegada à colmeia as obreiras retiram a “prova” de que está fértil e lá vai ela de novo, em busca de outro amante e pré defunto...

No corpo da Rainha repousa separado o sémen de cada um dos vários “Reis”, cujos filhos herdarão o temperamento e outras características de cada progenitor.

Por essa razão, é comum numa colmeia que até achávamos dócil na última visita, sermos corridos a “toque de ferrão” por uma multidão de abelhas ferozes e enraivecidas...

4 comentários:

picasanta disse...

Excelente trabalho. parabéns. Onde é que posso comprar o primeiro material para a arte!? diz-me por favor... A braço

Alien disse...

Olá,
Olha, há imensos locais onde podes adquirir materiais e equipamentos. O ideal será inscreveres-te numa associação de apicultores na tua área de residência,e junto deles saberes dos melhores locais para as "compras"...
Montedomel

fantomette disse...

encontrei este blog hoje! é espectacular!!! obrigada pelo espaço
onde é que está a segunda parte... agora fiquei ansiosa por ver o resto da história :( está tão concentrada a ver!!! adorei!!! obrigada! estas informações sobre as abelhas são importantes!

Alien disse...

Olá Fantomette,

Fico muito satisfeito por teres gostado do blog, oxalá o mesmo te possa ser útil,
Quanto ao resto da "estória"... vamos aguardar, a continuação poderá sair em breve...

JPifano